Uma loja em Paris, de Máxim Huerta

Sabe qual é a pior mentira? Você dizer que vai postar uma coisa em determinado dia.

Sei que prometi ontem, mas…não deu. Então vamos hoje!

Falar de livros é uma delícia, porque eu não costumo sair de casa sem um. O que andou comigo nas últimas duas semanas foi Uma Loja em Paris, escrito por Máxim Huerta. Foi presente do meu namorado, que viu o livro dando sopa por aí e achou que eu fosse gostar. Ele sempre acerta.

IMG_2037

Ler com o Apolo no colo já está se tornando um costume. Para mim e para ele.

A trama conta em paralelo a história de duas mulheres: Teresa Espinosa e Alice Humbert. Teresa é espanhola, vive uma vida vazia e um belo dia, ao passar por um antiquário, acaba encantada por uma tabuleta de uma antiga loja de tecidos. A loja pertenceu à Alice Humbert, francesa, nascida em um bairro pobre de Paris, que vê um novo mundo se abrir a sua frente ao tornar-se modelo vivo de pintores e, em seguida, conseguir um emprego na maison de Coco Chanel.

Sério, alguma dúvida de que eu não ia gostar desse livro?

E acho que você também pode gostar, afinal Máxim Huerta é jornalista e fez uma grande pesquisa para ambientar sua história (a bibliografia, riquíssima, está no final do livro). A cada parágrafo você se sente mais imerso na antiga Montparnasse, o bairro onde a arte fervilhava nas décadas de 1920 e 1930.

Tem arte, tem mistério, tem romance, tem moda, tem arte. Tem que ler!

Uma loja em Paris

Uma Loja em Paris

Máxim Huerta

Editora Planeta (selo Essência)

Dia Internacional da Mulher: a moda faz parte desta história

Meninas, hoje é o nosso dia! Parabéns para nós!

E se tem uma coisa que tem muito a ver com as mulheres é a moda. Você pode ser daquelas que não se importa com o que veste, que vive dizendo que “pegou a primeira peça que viu no guarda-roupa”, mas a moda está ali, dentro de você. Não acredita?

A “primeira peça do guarda-roupa” com certeza é aquela que lhe faz se sentir bem. Nenhuma mulher sai de casa com uma roupa que não a deixe, no mínimo, confortável (e, no máximo, pronta para matar rs). Os homens perdem a paciência conosco muitas vezes quando decidimos ir comprar roupas, mas eles não entendem que estamos em busca da “camisa perfeita”, ou da “saia perfeita”, do “vestido perfeito”…

Fora isso: temos muitas opções de roupas, muitas mais do que eles. Podemos usar vestidos, saias, calças, camisas, blusas, shorts… E acessórios então? Aí ganhamos de lavada: brincos, pulseiras, aneis, echarpes, lenços, tiaras, prendedores de cabelo de todas as formas e cores…e muito, mas muito mais!

Mas o mais importante é olharmos a moda como mercado: talvez seja o único em que as mulheres tem mais destaque e ganham mais dinheiro do que os homens. Pense no mundo das modelos: existe um modelo masculino equivalente a Gisele? Mesmo em menor destaque, os modelos recebem menos que as modelos.

Quando o assunto são os estilistas, as coisas ficam mais equilibradas: homens e mulheres desenvolvem trabalhos belíssimos e desfilam nas mesmas semanas de moda há muito tempo. E é esse equilíbrio que devemos buscar em todos os outros aspectos da vida: hoje é nosso dia, mulheres, mas não somos melhores nem piores do que os homens. Somos seres humanos, dotados de raciocínio e sentimentos; somos iguais.

 

Mulheres que me inspiram…

Audrey Hepburn

Coco Chanel

Clarice Lispector

Pérolas: clássicas e poderosas

Todo mundo fala que um colar de pérolas é básico, um clássico. Ok. Mas hoje eu acordei pensando: quem foi que disse que colar de pérolas é clássico? Desde quando? Pulga atrás da orelha colocada, liguei o computador e fui pesquisar.

Vale começar lembrando que as pérolas não tem significado apenas para a moda.  Diversas culturas encheram as pérolas de significado. Os persas a associavam à virgindade, à pureza. Para os gregos era o símbolo do casamento. Essa bolinha preciosa até já foi usada em tratamentos de saúde. Enfim, a pérola já tinha significado para a sociedade, por sua raridade e por tantos outros além dos que eu mencionei acima, logo, nada mais justo que ocupasse seu lugar também na moda.

As pérolas tem o mesmo valor de pedras preciosas, e passaram a ser usadas em jóias. Sua entrada no mundo da moda como clássico absoluto se deve ao seu uso por várias mulheres poderosas (bem mais do que as it-girls de hoje, devo dizer…). Coco Chanel, Grace Kelly, Audrey Hepburn, Marylin Monroe, Lady Di. Todas elas eram fãs das pérolas, e contribuiram para que as pedrinhas se tornassem símbolo de sofisticação. Para que hoje se pudesse dizer que um look muda completamente do básico para o elegante com um colar de pérolas (tá, não dá para ser tão generalista assim, mas vocês entenderam…).

De tão básicas, as pérolas viraram até estampa! Isso mesmo! Batizadas por Lilian Pacce como “poá 3D” (achei digno rs), as pérolas apareceram em diversos looks da última SPFW e se tornaram forte tendência para este inverno. Olha só esse casaco do desfile do Alexandre Herchcovith:

Enfim, use pérolas. Elas combinam com tudo, e enchem você de elegância. Se você acha pérolas “coisa de velha”, aposte nas coloridas ou combinadas com correntes, como neste colar que a revista Manequim ensina você a fazer. Agora, se você é uma pessoa poderosa e tem pérolas de verdade, cuide bem delas. Evite o contato direto delas com produtos químicos, o que inclui maquiagem e perfumes. Produza-se e espere alguns minutos antes de arrematar o visual com elas.

Gostou? Detestou? Achou bacana? Comente!

 

P.S.1: graças a Stella McCartney, o Além das Tendências atingiu seu recorde de posts! Conto com a ajuda de cada um que está lendo agora para tornar esse recorde o padrão de acessos. Esse blog não existe sem vocês (ai que fofinho 🙂 rs)

P.S.2: ainda sobre Stella McCartney, sabe a foto que eu tirei vendo a coleção? Então, foi clicada no Bourbon Shopping,  em São Paulo, onde, provavelmente na hora em que eu estava vendo as peças, das 300 roupas com a etiqueta da estilista que a loja recebeu, só restavam 50: uau!

P.S.3: o último, prometo! Lembra que o Ashton Kutcher veio para o Brasil para o desfile da Colcci, foi aquele papelão e tal (não lembra, clica aqui que eu te lembro)? Então, saiu o vídeo do making-of da propaganda da grife com o moço, e com a linda da Alessandra Ambrósio. As fotos foram feitas em Los Angeles, um luxo. Olha só: