SPFW Verão 2016: dos maxibrincos ao salto transparente

E lá vamos nós para mais um dia de São Paulo Fashion Week!

e lá vamos nós

Que dia! Oito desfiles para inspirar a galera. E, de novo, vou resumir a inspiração de cada um deles a partir de um acessório de destaque. Começando com…

– o sapato da Paula Raia

Outro dia mesmo estava comentando sobre slow fashion e a estilista é uma das grandes representantes do movimento. Desfila só uma vez por ano (apenas Verão), faz as apresentações em sua própria casa, tudo ao seu devido tempo. Essa visão menos over faz com que os looks não tenham nenhum acessório a não ser os sapatos, minimalistas mas com muito apelo fashion.

paula raia sapato

– a bolsa da Osklen

Se na segunda-feira tivemos a Cavaleira buscando inspirações nas tribos indígenas, ontem foi o dia da Osklen. Trazendo referências da tribo Ashaninka, do Acre, um dos acessórios mais emblemáticos foi essa bolsa que, levada a tiracolo, remete ao tecido onde as mães índias levam seus bebês.

osklen bolsa

– a bolsa da Ellus

Bolsa de novo! A Ellus se inspirou no Marrocos para construir o seu verão, e essa bolsa que desfilou na passarela foi feita com o mesmo tecido dos famosos tapetes marroquinos, encomendadas diretamente com artesãos de lá. Lindas, não?

detalhes-ellus-spfw-verao2016-003-654x983

– os brincos da Água de Coco

Oba, moda praia! E que moda praia: elegante como só ela, a Água de Coco buscou inspiração nos diferentes tipos de renda produzidos pelo Brasil. Resultado: esse maxibrinco, que é grande sim, mas transmite uma leveza…

brincos agua de coco

– o tamanco da Lilly Sarti

Segunda-feira foi o dia dos anos 1960. Já ontem marcas como Lilly Sarti buscaram sua inspiração na década de 1970, aqui apresentado de maneira quase clássica, com referências ao estilo oriental. Mas o grande destaque foi o retorno definitivo dos tamancos. Quem curte?

tamanco Lilly Sarti

– a bolsa da Sacada

Sim, mais uma bolsa! A inspiração da Sacada vem do chamado futurismo retrô, da pop art e também da op art. Suas bolsas são como obras de arte sendo carregadas por aí. As alças são de acrílico transparente que já já aparece de novo em outro desfile…

Sacada bolsa

– os MAXIBRINCOS da Juliana Jabour

Isso sim é levar o maxibrinco a um outro nível… Também inspirada nos anos 1970, Juliana Jabour teve uma pegada mais hippie do que a Sacada. Os looks não poderiam ser melhor arrematados do que na companhia desses brincos pra lá de chamativos!

detalhes-julianajabour-spfw-verao2016-009-654x435

– o sapato da Triya

Salto transparente alert! Salto transparente de acrílico alert! Sim, ele está de volta (afinal de contas ele não ia deixar o tamanco voltar sozinho, não é mesmo?). Inspirada nas sereias e também no universo do surf, os sapatos casaram bem com as estampas da marca, sem brigar com elas, mas chamando minha atenção..

detalhes-triya-spfw-verao2016-0461-654x983

Gostaram? O que esperar do dia de hoje, minha gente? Comentem! 🙂

Liquidações: o jeito certo de encher a sacola de compras

E aí, minha gente, como vão? Confesso que nessa manhã fui nocauteada por uma gripe e não estou nem de longe “uma Brastemp”, mas vamos que vamos! E hoje o papo é bom porque vamos falar de liquidações.

Image

Gente, eu fui ao shopping no último domingo e simplesmente está tudo em liquidação: tudo mesmo! Hoje também começou a liquidação das lojas Marisa, que abriram às 7h (exceto as de shoppings) para as consumidoras atacarem suas araras. Confesso que pensei em ir, mas a gripe foi mais forte e eu já havia aproveitado as liquidações da Riachuelo e da C&A no fim de semana. Em uma, o digníssimo namorado comprou as calças jeans que estava querendo por menos de R$ 50 cada. Na outra, finalmente comprei um Martha Medeiros para chamar de meu!

É fato que as liquidações deixam a gente meio maluca. Queremos experimentar a loja inteira e, se servir, levá-la para casa. Mas é preciso ter algumas coisas em mente antes de passar no caixa com uma senhora pilha de roupas…

Image

A primeira delas é “seja fiel ao seu estilo”. Liquidações são ótimas para garimpar peças que você realmente precisa ou que combinam com seu jeito de vestir. O último grito da moda provavelmente não vai ser uma boa, nem se estiver por um preço camarada (o que normalmente não acontece). Aproveite as queimas de estoque para comprar básicos, como uma camisa branca, uma sapatilha ou uma calça jeans reta, essas peças que você compra por pouco mas que vão durar para sempre no seu guarda-roupa. Além disso, invista em peças que você já gosta bastante. Se adora couro, já compre jaquetas e bolsas. Se gosta de brilho, faça o rapa nos acessórios. Ama renda? Compre um Martha Medeiros! rs

Outra boa dica, que pode parecer óbvia mas não é, é experimentar as roupas. Não faça a “baciada” e corra para o caixa como se alguma desvairada fosse roubar as peças que você achou. Vá com tempo para experimentar cada uma. A Riachuelo, por exemplo, está liquidando peças de suas coleções em parceria com estilistas, como Martha Medeiros (ok, já chega rs), Juliana JabourMaria Garcia e muito mais. Não compre nunca pela etiqueta apenas: não é só porque a peça é de grife que combina com você, ou cai bem no seu corpo. Perca uns minutos no provador: eles serão bem úteis.

Muito importante: não se deixe levar pela palavra liquidação e achar que tudo está barato. Nem sempre, sabia? Você pode entrar em uma loja e achar que pagar R$ 100 em uma blusinha é uma tremenda economia, e não é. Tenha noção do quanto você pode gastar, para não se tornar refém do seu próprio cartão de crédito. Nada de fazer a Becky Bloom, hein?

Image

Bom, é isso. Agora é só partir para as compras!

No provador: Juliana Jabour para Riachuelo e Marcelo Sommer para Extra

Oi pessoas! Como vai a preguiça de domingo?

Pois ontem eu fui até a Riachuelo do Bourbon Shopping para conhecer de pertinho a coleção da Juliana Jabour para a loja (nem sabia que tinha? Clica aqui e vê como eu já tinha avisado!). Alerta para as amigas gordinhas: a srta. Jabour adora trabalhar com formas amplas, ou seja, muitas peças podem não cair tão bem – algumas não caíram bem nem em mim, que tenho manequim 38. Entre todas as peças, a que ficou melhor foi uma blusa estampada assimétrica. O que vocês acham?

Blusa Juliana Jabour para Riachuelo – R$ não achei o preço

Já hoje pela manhã fui com o meu pai fazer compras para a casa, e fiz questão de ir ao Extra para conferir a coleção de Marcelo Sommer para a loja. Inspirada no universo rock´n roll, fiquei com vontade de levar várias peças…e levei! rs

Não várias, duas: uma saia preta básica, que eu estava há meses procurando, e uma blusa de poás. O clique abaixo já foi feito em casa mesmo.

Blusa de poás Marcelo Sommer para Extra – R$ 39,90

Saia preta Marcelo Sommer para Extra – R$ 49,90

Também comprei uma blusa para a minha irmã, a dona Gabriela Porne. Será que ela vai gostar?

Camiseta Marcelo Sommer para Extra – R$ 29,90

Dica: a coleção masculina do Sommer está muito boa. Muito mesmo. Se eu fosse homem, não perdia a oportunidade…

Gostaram? Não? Já foram comprar? Esperem por mim que eu quero mais! rsrs