Preppy, o ‘estilo One Direction’

A essa altura do ano, você com certeza já ouviu falar de One Direction. A boy band formada por Niall, Louis, Liam, Zayn e Harry arrebatou o coração de milhares de fãs no mundo inteiro e, consequentemente, passou a ditar moda. O estilo preppy, termo ‘fashionista’ para engomadinho, voltou à tona diretamente dos anos 1970.

Por mais que os meninos do One Direction sejam ingleses, o estilo preppy é nativo dos Estados Unidos. As roupas imitam o traje dos estudantes das escolas preparatórias americanas. As mulheres usavam saia kilt com blusa branca de cola pequena adornada com pequenos babados, blazer ou suéter, tudo em tons pastéis ou navy (branco, azul marinho e vermelho).

Já os homens usavam calça de veludo cotelê ou jeans 501, ícone da Levi’s imortalizado por James Dean. Na parte de cima, camisas pólo ou com xadrez de madras (com listras horizontais e verticais de espessuras diferentes), cardigã e sapatos sociais.

 

Com todas essas dicas, tenho certeza que você consegue montar um look preppy com o que você tem no guarda-roupa. O armário está precisando de uma faxina ‘daquelas’? Escolha um dos hits do One Direction, abra as gavetas e mãos a obra!

(clique nos links para ouvir as canções)

Live While We’re Young

‘Let’s go crazy crazy crazy till we see the sun

I know we only met but let’s pretend it’s love
And never never never stop for anyone
Tonight let’s get some
And live while we’re young!’

 

What Makes You Beautiful

‘Baby you light up my world like nobody else

The way that you flip your hair gets me overwhelmed
But when you smile at the ground it ain’t hard to tell
You don’t know, oh oh
You don’t know you’re beautiful’

 

One Thing

‘Some things gotta get loud

‘Cause I’m dying just to make you see
That I need you here with me now
‘Cause you’ve got that one thing’

Esquenta Rock in Rio: Moda Mod – o estilo arrumadinho do The Who

[Para ler ouvindo: Who are you – The Who]

Continuando nossa série pré-Rock in Rio (está chegando, minha gente!), hoje vamos falar sobre o estilo mod. O nome é uma abreviação de modernismo e ditou a moda na Europa, em especial na Inglaterra, durante a década de 60. O símbolo musical deste estilo: os ousados integrantes do The Who.

Capa do álbum “Who are you”, de 1978

E quando eu digo ousados, me refiro à atitudes. Em relação à roupas, o estilo mod era clássico: os homens usavam ternos impecavelmente cortados; as meninas, twinsets combinados com saia. Os mods eram, de certa forma, os fashionistas dos anos 60, obcecados pelo bem vestir. Com a palavra quem melhor define o estilo mod: Pete Townshend, o guitarrista do The Who.

“Foi um movimento de jovens muito maior que o hippie, o underground e todos os outros. Era um exército, um exército poderoso e agressivo de adolescentes arrebatados. Cara, com essas lambretas, e seu modo de vestir. E era aceitável, isso era o mais importante; seu modo de vestir era melancólico, era fashion, limpo e elegante. (…) Para ser um mod, você tinha que ter cabelo curto, dinheiro suficiente para comprar roupas bacanas, bons sapatos, boas camisas; você tinha que dançar como um maluco” – Pete Townshend em entrevista a Rolling Stone em setembro de 1968

O estilo mod continua presente na moda atual: nos anos 90, foi resgatado pelas “eternas rivais” bandas Oasis e Blur. Nesta temporada, várias marcas apostaram no estilo para a próxima estação. Dentre elas, Alexandre Herchcovitch, Prada, Neon e Burberry.

Modelo desfila coleção Outono/Inverno 2011 da Burberry

A peça principal do guarda-roupa mod era, sem sombra de dúvidas, o terno. E não podia ser qualquer terno, tinha que ser um terno ao estilo mod. O site Modculture, que apresenta o que acontece na cena mod atual e rende uma visita, mostra tim tim por tim tim os passos essenciais para se ter um bom terno. Meninos, caneta e bloquinho na mão!

1. Saiba o que você quer: procure fotos em revistas e tente encontrar ternos parecidos com o que você quer. E nem venham com desculpa: VIP, Alfa e GQ falam (e bem) sobre moda masculina. É só querer procurar.

2. Escolha um alfaiate de confiança: para os mods, bom terno é terno feito sob medida. Então procure referências com parentes e amigos de um bom alfaiate. Sem grana para isso? Leve seu recorte de revista à uma loja e peça ajuda ao vendedor para encontrar o terno mais próximo do que você deseja.

3. [Para quem foi ao alfaiate] Escolha o material: veja as amostras de tecido que o alfaiate certamente irá mostrar e decida o que lhe parece mais adequado. Lembrando sempre que comprar o tecido e levar para o alfaiate pode sair mais barato do que pedir que ele compre.

4. [Para quem foi à loja] Não se sinta pressionado: mulheres costumam lidar melhor com gente tirando medidas, tem mais paciência para ficar horas escolhendo a roupa perfeita (mulheres normais são assim, eu não rs)… Enfim, tome um chá de camomila e relaxe: na pressa você pode acabar levando uma peça que não combina realmente com você.

5. Experimente o conjunto: use o seu terno com sapatos e uma camisa que você já tenha e goste bastante. Veja se eles combinam. Lembre-se da seguinte regra, e isso vale para comprar qualquer roupa, não só ternos: só compre uma peça se você tiver certeza que ela combina com pelo menos outras três que você já tem.

Homem veste terno estilo mod; foto tirada na década de 1960 (Fonte: Modculture)

Gostou? Detestou? Quer um post mais menininha? Poxa, eu faço isso sempre! rs

E amanhã tem o último “esquenta” para o Rock in Rio. Sexta-feira começa a festa 🙂

Ken versus seu namorado

Comemore o aniversário do (cinquentão!) ex-namorado da Barbie e siga as dicas para fazer seu namorado se vestir melhor

E ontem foi aniversário do Ken! O boneco começou a ser vendido em 11 de março de 1961. Com apenas 3.50 dólares, sua Barbie não estaria mais sozinha, teria um companheiro a sua altura. Apesar de terem sido criados um para o outro, Barbie e Ken se separaram em 2004. E desde então o galã insiste em reconquistar a amada. Se nas telonas, no filme Toy Story 3, o charme de Ken venceu, na “vida real” ainda não foi bem assim. O boneco chegou a criar um Facebook para coletar sugestões de como fazer a amada voltar em sete dias de conquista.

Barbie trocou Ken por um surfista bem mais novo. Já você pode estar pensando em trocar seu namorado por uma coisa que Ken tem de sobra: estilo. Chegar para um primeiro encontro com camisa de time de futebol, calça de moletom velha e tênis encardido pode fazer o príncipe virar sapo em um minuto. Se você gosta mesmo dele, siga as dicas da escritora Drica Pinotti para ajudar seu amor a se vestir melhor (sem ele perceber que você está fazendo isso, claro).

1. Proponha ir encontrá-lo em sua casa antes de saírem. Quando o moço estiver se arrumando, dê algumas indiretas do tipo “você fica tão bem com essa camisa” ou “essa bermuda ficaria mais bacana com aquela camiseta”. Coisinhas assim ajudam.

2. Vá fazer compras com ele. Assim você vai descobrir que tipo de roupas ele gosta, variações das roupas que ele gosta que poderiam cair melhor e as medidas dele, para presenteá-lo com novas peças.

3. Se ele usa meia preta com tênis branco, é um caso perdido.

4. NUNCA, JAMAIS, EM HIPÓTESE ALGUMA esnobe o gato pelo jeito que ele se veste. Ele pode não ter bom gosto mas tem sentimentos ok? Como você se sentiria se o cara que você está a fim fizesse o mesmo com você?!

Aos poucos todo mundo vai perceber sua boa influência no estilo do moço, e você terá um namorado bem mais elegante, e que sabe o que fica bem nele. Claro, sempre é bom tomar cuidado para ele não acabar desse jeito:

Em homenagem ao seu aniversário, Ken ganhou uma exposição na loja francesa Collete. Tem bonecos, roupas (para Ken e para homens de verdade) e até uma roupinha de bebê, para futuros Kens. Vale a pena dar uma olhada no site – http://www.colette.fr/#/a/4/news/946/ken/

Camiseta que faz parte da exposição na Collete…e está a venda! rs

 

Dúvidas? Sugestões? Críticas? Comente!

P.S.: meu digníssimo namorado, Rafael Balago, não tem problema nenhum para se vestir. Isso desde antes de começarmos a namorar. In fact, eu que dei uma bela melhorada no meu estilo quando começamos a ficar juntos, o que torna ele a boa influência aqui. Morram de inveja!