Week Look: hoje tem réveillon, bebê!

O ano vai acabar, minha gente! E pra fechar em grande estilo, um look para a festa da virada que, para mim, será aqui na cidade delicia de Campos do Jordão. Olha só:

/home/wpcom/public_html/wp-content/blogs.dir/556/19758488/files/2014/12/img_0680.jpg

Top C&A
Calça Cotton On
Sandálias Stella McCartney para C&A
Pulseiras de pérola Maxior

Gente, quero agradecer a todos que acompanharam o blog ao longo de 2014. Muito obrigada mesmo pela companhia! E até 2015 😀

Playlist: tchau 2014!

new year

O ano novo vem chegando, minha gente! E não tem jeito melhor de fazer essa festa da virada do que músicas que marcaram o ano que está terminando, certo? Sendo assim, fiz a minha seleção com 10 músicas que marcaram esse ano para mim, que compartilho agora para vocês animarem seus reveillóns onde quer que estejam 😉

O porquê das músicas:

Let it go, Idina Menzel: Frozen pode ser de 2013, mas certamente essa foi uma das músicas que eu mais ouvi neste ano, seja por rever o filme, ou por conta do meu trabalho sobre cinema de animação ou simplesmente por conta de sua mensagem. Podem dizer que é música de filme infantil; eu acho a letra motivadora.

Up in the air, Thirty Seconds to Mars: um dos melhores shows que já fui na minha vida foi o da banda de Jared Leto, que desembarcou em São Paulo no mês de outubro. Não consigo contar nos dedos as vezes que gritei a letra dessa canção enquanto dirigia para casa depois do trabalho…

Nada importante, Julieta Venegas: outro show incrível, que me dei de presente de aniversário. Essa música, do álbum mais recente de Julieta, também fala bastante comigo, que tenho por vezes o (péssimo) hábito de não falar o que sinto na hora em que sinto. Quem sabe isso mude em 2015?

Fancy, Iggy Azalea e Charli XCX: se você não sabia quem era ela tomou conhecimento por conta dessa música, que se acabou de tocar nas rádios e dominou as paradas. Já conhecia a Iggy desde o ano passado, mas em 2014 ouvi suas canções mais do que nunca. Ouvi, gostei e pretendo seguir ouvindo!

Bailando, Enrique Iglesias e Gente de Zona: a versão em espanhol do hit de Enrique Iglesias também embalou minhas andanças de carro, e também minhas andanças por Buenos Aires e Porto Rico, que tive o prazer de visitar neste 2014. Que 2015 tragam mais viagens com trilhas sonoras tão animadas quanto essa!

Burn, Ellie Goulding: e o prêmio de CD mais escutado em 2014 vai para essa loirinha aí. Seu show no Lollapalooza foi bem bacana, apesar de eu ter visto apenas pela televisão; mas suas músicas me acompanharam ao longo deste ano nas mais diversas situações, de paixões a frustrações.

La La La (Brazil 2014), Shakira: esse ano teve Copa, bebê! E não existe brasileiro que não sinta saudades dessa época, por mais que tenha visto todos os jogos pela TV. Colecionei figurinhas, sofri vendo futebol e cantei loucamente com Shak ao longo dos meses do campeonato. E depois também, confesso.

It’s gonna be me, N’sync: essa também lembra o meu aniversário, cujo tema foi anos 1990. E eu, como fã de N’sync (e de Justin Timberlake até hoje) não podia deixar de incluí-los nesta playlist. Arrasta o sofá e vem fazer a coreô!

***Flawless (remix), Beyoncé e Nicki Minaj: eleita pela revista Time como a melhor música do ano, já havia sido eleita por mim como a melhor canção do álbum surpresa-surpreendente de Beyoncé, na sua versão normal. O remix com Nicki ficou demais e foi com certeza uma das músicas que mais ouvi neste 2014 (minha irmã que o diga…)

Melhor do que ontem, Capital Inicial: essa é o desejo para 2015. Que seja ainda melhor do que 2014, trazendo coisas que eu ainda nem tenho ideia do que possam ser, mas que serão incríveis certamente. E claro, eu venho aqui correndo contar para vocês 🙂

E vocês, que músicas colocariam em suas playlists do ano? Comentem! Agora bora comemorar que 2015 promete…e amanhã tem look para a virada diretamente de Campos do Jordão ❤

Use a roupa do reveillon ao longo de 2012

Feliz ano novo, minha gente! Que 2012 seja cheio de paz, saúde e sucesso para todos nós!

Mas vamos ao trabalho: a gente jura que não, mas todo ano dá aquela consultada no significado das cores para escolher a que melhor se adequa ao nosso desejo para o ano novo. Rosa, azul, verde, lilás…mas não adianta, a campeã nas festas de reveillon pelo Brasil afora é o branco. Tanto por trazer a paz e a purificação da alma quanto pelo fato de estarmos em um país tropical em pleno verão.

Problema: você comprou uma peça branca para passar o ano novo. Milhares de fogos de artifício depois, você se pergunta quando, e principalmente como, vai usar esta roupa de novo. Eis que o Além das Tendências surge para resolver esta questão!

Se você comprou…

Uma blusa branca: você foi esperto (a). A camiseta branca é a peça mais versátil que se pode ter em um guarda-roupa. Combine com diferentes tipos de calça, saia, bermuda…uma blusa branca, na moda, é uma tela em branco na arte (falei bonito agora, não? rs Ah, o conceito “tela em branco” também se aplica ao “pretinho básico” – dá para combinar tudo)

Uma calça branca: nível médio de dificuldade a não ser que você trabalhe na área da saúde. Combine com uma blusa estampada, com cores alegres. Cores frias vão te deixar com o mesmo ar de ânimo de um cubo de gelo. E, por favor, roupa de baixo nude, ok?

Um shorts/bermuda/saia branco: valem as mesmas regras da calça, além de ser um excelente complemento ao biquíni em um passeio na praia.

Um vestido branco: talvez o item mais preocupante. Se for muito elaborado, guarde adequadamente e use em festas, com acessórios metálicos: você vai destoar da multidão de “pretinhos básicos”. Se você comprou um modelo mais simples, misture com acessórios coloridos (um colar bacana, uma echarpe colorida, pulseiras…mas não tudo ao mesmo tempo!) e aproveite o verão, agora na cidade 🙂

E agora, dicas importantes para conservar sua roupa branca até o final de 2012, e além!

1. Roupas brancas tendem a ficar amareladas quando guardadas. Se isso acontecer com a sua peça, segredinho da vovó: deixe-a de molho em leite gelado e, em seguida, lave normalmente.

2. Dica do site do canal Bem Simples: se o tecido da roupa for resistente, você pode deixá-lo de molho em um litro d’água com três tampinhas (da própria embalagem) de água sanitária. Coloque a peça na máquina de lavar roupa no programa de lavagem completa a 60 graus centígrados.

3. Capriche na hora de enxaguar sua peça: resíduos podem provocar manchas.

4. Seque as roupas pelo avesso e na sombra

5. Não guarde-as em sacos plásticos: eles não permitem que sua roupa “respire”, ainda mais se for em tecido mais fino, o que também pode resultar em manchas.

Gostou? Detestou? Vai usar branco amanhã na volta ao batente? Ah, acho que eu vou…rs

Agora deem uma bela olhada no meu look básico-chique para o Reveillon na Paulista, aqui em São Paulo. Olha que belezinha…

E agora vejam como eu fiquei depois de algumas horas debaixo de chuva…visual semi-destruído, mas pessoa renovada e feliz!